Oficinas de Planejamento para indígenas são realizadas pelo ProRural

Com o objetivo de construir um plano de ação para cada uma das 12 etnias indígenas acompanhados pelo ProRural em Pernambuco, o Programa realizou, na última semana, três Oficinas de Planejamento com os povos indígenas Atikum, Pipipã, Kambiwá e Kapinawá, nos municípios de Carnaubeira de Penha, Floresta e Buíque.

Através da ferramenta FOFA (Fortalezas, Oportunidades, Fraquezas e Ameaças), cerca de 70 indígenas, além dos técnicos do ProRural, analisaram os ambientes interno e externo das aldeias Boa Vista, Faveleira e Mina Grande para que, a partir disso, possam eleger as prioridades a serem trabalhadas e apoiadas pelo Governo do Estado.

Os indígenas são público específico e prioritário do ProRural. O Programa, que busca promover a formação e fortalecimento de redes de cooperação, inovação e de experiências agroecológicas, também visa o desenvolvimento sustentável e relevantes para a inclusão sócio-produtiva e cultural dos grupos específicos como índios, jovens, mulheres, comunidades quilombolas, conforme estipulado nos Marcos de Gestão Ambiental e Social (MGAS), do acordo de Empréstimo entre o Governo do Estado e o Banco Mundial.