Produtores familiares mostram diversidade aos visitantes na Fenearte

O estande do Programa Estadual de Apoio ao Pequeno Produtor (ProRural) movimenta, a partir desta quarta-feira (04), a rua 15 da 19ª edição da Feira Nacional de Negócios do Artesanato (Fenearte) 2018. Com a diversidade dos produtos como alimentos, calçados, bordados, mel e licores, roupas customizadas, tapeçaria, cerâmica e brinquedos, os agricultores familiares esperam manter o espaço sempre cheio de visitantes e curiosos para conhecer produtos inovadores como calçados feitos a partir do couro da tilápia.

O diretor geral do ProRural, Fábio Fiorenzano, ressalta a importância da participação dos agricultores e do retorno do estande na Feira, como um espaço efetivo para a promoção e visibilidade do que é produzido pela agricultura familiar de Pernambuco, especialmente por mulheres e outros grupos especiais como assentados e comunidades quilombolas e indígenas. “É imprescindível que todos conheçam os artigos feitos por esses grupos e a diversidade do que é produzido pela agricultura familiar do Estado”, lembra Fábio.

Ao todo são representantes de dez associações de várias cidades como Inajá, Tabira, Petrolândia, Machados, Tacaratu e Condado, entre outros da Região Metropolitana do Recife, Zona da Mata, Agreste e Sertão. Os expositores, que trazem produtos de aproximadamente 200 artesãos, apresentam novidades na feira, especialmente na área calçados e assessórios, confeccionados a partir do beneficiamento dos produtos da piscicultura do Sertão de Itaparica.

A expectativa maior entre os participantes é de que as vendas superem os negócios realizados na última participação, e cheguem à ordem de R$45 mil durante os 12 dias do evento. Mas é, especialmente, a troca de experiência que motiva os produtores pela participação, onde podem conhecer novas técnicas, modelos e tendências que agregarão aos seus produtos depois da Fenearte. O estande do ProRural ocupa os espaços de número 376 e 377, e funcionará no horário da feira.