Projeto do ProRural beneficia agricultores da Mata Sul

Estão a todo vapor as obras de implantação dos sistemas de irrigação para os 30 beneficiários da Associação Desenvolvimento Agroindustrial de Serro Azul (ADASA), distribuídas em 11 comunidades do município de Palmares. O projeto, financiado em R$ 1.096.791,44 pelo Governo de Pernambuco/SARA através do ProRural, vai alavancar a fruticultura da região, mas beneficiará também a cultura de grãos, raízes e tubérculos.

Os sistemas de microaspersão, que estão sendo implantados nas propriedades beneficiadas no assentamento, vão garantir a alta rentabilidade, pois a aplicação de água e produtos nutrientes atinge um maior volume de solo explorado pelas raízes das plantas. Além disso, a microaspersão é um sistema de fácil instalação, operação e manutenção, e proporcionará economia de água e de mão de obra para os produtores.

O agricultor Rivaldo Firmino Filho, primeiro a ser beneficiado pelo projeto, diz que já está colhendo os frutos, mesmo antes da colheita da banana que está sendo irrigada com os novos equipamentos. “Eu passava uma semana para molhar toda a área de um hectare plantada, hoje irrigo tudo de uma vez só, e está sobrando tempo para plantar outras culturas”, relata.

O presidente da ADASA, Geraldo Martins, lembra que a associação nasceu em 2004, da necessidade de gerar emprego e renda para os agricultores que antes eram empregados das usinas que fecharam na região, mas que somente agora com o Projeto do ProRural os produtores recebem um benefício desse porte. “Depois de 14 anos de luta conseguimos um projeto desse nível de importância. O ProRural viu que temos aqui é uma indústria verde, que leva alimento de qualidade para as escolas e as mesas de todo mundo, e nos beneficiou”, agradece.