Projeto do ProRural levará água para 140 famílias em Casinhas

Ter água na torneira vai deixar de ser apenas um sonho e se tornar realidade para 140 moradores do município de Casinhas, no Agreste de Pernambuco, localizado á 131 quilômetros do Recife. O projeto de abastecimento de água será feito numa parceria entre a Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária do Governo de Pernambuco, através do ProRural, a prefeitura da cidade e a contra-partida da  própria comunidade.

A ideia é ligar a água da adutora de Siriji, cuja tubulação passa a 50 metros da entrada  do Sítio Chatinha de Cima, construir os reservatório para acúmulo e fazer a rede de distribuição com aproximadamente sete mil metros de encanação. O trabalho, que deve durar cerca de seis meses, vai levar a água direto para as torneiras das casas dos beneficiários, que hoje vivem da dependência do abastecimento por cisternas e de outras soluções pequenas e individuais.

Com o projeto já aprovado e orçado em R$250 mil, a comunidade terá disponibilizados um reservatório apoiado com estação elevatória agregada com capacidade de armazenamento de 100 metros cúbicos de água, e mais um reservatório elevado de distribuição, com capacidade de mais 1000 litros de água, ambos reabastecidos  a cada ciclo de distribuição da Compesa, que hoje acontece a cada três dias.

“Serão cerda de 70 mil litros diários, capaz de suprir as necessidades das famílias com 500 litros diários de água potável e de boa qualidade para o consumo humano”, lembra o consultor de saneamento do Banco Mundial, Murilo Carlos Pereira, responsável pela análise do projeto no ProRural.

Para o Prefeito de Casinhas, João Camelo, a parceria com o ProRural vai atender um pleito antigo da comunidade, que sofre com o desabastecimento principalmente nos períodos longos de estiagem. “Oferecer recursos hídricos para os moradores da localidade é uma luta constante, conseguimos levar água para alguns, mas graças a essa parceria atenderemos muito mais”, comemora.